quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Saiba por que você fica doente e aprenda o que fazer para ser curado(a)

Conheça a origem das doenças, quem, ou o que, as alimenta, conheça como fazer para não ficar doente, aprenda a curar-se, texto baseado no livro do pastor Cho, por Antonio Melo...
Quando a doença agride e dilacera o corpo, a nossa tendência é a focalizar a atenção nela, e concentrar todos os nossos esforços no sentido de curar-nos. Mas a Bíblia nos revela a raiz de todas as doenças.
Aonde vai a doença buscar sua força? Qual é a raiz de todas as doenças? Disse o apóstolo Paulo: "O salário do pecado é a morte; mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, em Cristo Jesus nosso Senhor" (Romanos 6:23). Isto nos ensina que a raiz invisível da doença é o pecado. "O salário do pecado é a morte." Mediante o pecado, "o império da morte, isto é, o diabo" (Hebreus 2:14) incessantemente alimenta a doença com vigor, retirando a vida mediante intensas dores e muito sofrimento. O diabo vem tentando continuamente "roubar, matar e destruir" (João 10:10) os seres humanos, fazendo uso dessa arma terrível, o pecado.
Portanto, a cura da doença deve ser encontrada não apenas na cura do corpo, mas também na cura do espírito. Nosso corpo pode movimentar-se por aí, graças ao espírito que nele habita. Se nosso espírito deixar nosso corpo, este não pode viver. Não importa quão robusto seja o corpo; se o espírito deixá-lo, o corpo pára de funcionar e começa a apodrecer.
Quando Jesus foi à Galiléia, o chefe da sinagoga, Jairo, inclinou-se aos pés de Jesus e rogou-lhe que fosse à sua casa, pois sua única filha estava à morte. Todos choravam. Subitamente, ouviu-se um lamento mais forte: a menina acabara de morrer. Todavia Jesus foi à casa, tomou a morta pela mão e a chamou: "Menina, levanta-te." O espírito dela voltou, e ela se levantou de imediato (Lucas 8:55). Assim é que o espírito assume o controle da vida do corpo. Foi por isso que o rei Salomão disse: "O espírito do homem o sustenta na enfermidade, mas ao espírito abatido quem o suportará?" (Provérbios 18:14). Disse ele ainda: "O coração alegre é bom remédio, mas o espírito abatido faz secar os ossos" (Provérbios 17:22).
Sim, o espírito do homem controla a vida do corpo, e o corpo se movimenta enquanto o espírito estiver vivo. Se o espírito de uma pessoa estiver sob o controle da morte, por causa do pecado, não seria porventura natural que o diabo, que possui o poder da morte, ocasi­onasse livremente a destruição dessa pessoa? Um corpo humano verdadeiramente sadio é aquele cujo espírito foi vivificado mediante a salvação, e que se libertou do poder da morte, estando cheio da vida que vem de cima.
Agora, porém, voltemos de novo nossa atenção para o problema da doença. A própria doença tem vitalidade. Ela se instala, se movi­menta, estende seu domínio, toma conta da vida do corpo e, finalmen­te, o destrói. Trata-se de algo com que o ser humano não nasceu, ao vir à luz. A doença visível recebe sua força e alimento da parte do maligno, que é invisível, o diabo, detentor do poder da morte.
O diabo é quem dá ajuda a qualquer elemento destrutivo. Assim como qualquer corpo sem o espírito está morto, assim a doença sem o diabo está morta. A doença recebe vitalidade da mão do diabo; quando o espírito do diabo abandona a doença, esta se desintegra. É por isso que a Bíblia declara: "Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com poder; o qual andou fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele" (Atos 10:38).
A provisão de vitalidade vinda do diabo estava por detrás de todas as doenças que Jesus eliminou. Por isso, quando Jesus expulsava um espírito demoníaco, a força da doença era cortada. O corpo ferido e torturado pela doença começava a receber a provisão de vida e saúde de Jesus, e ficava completamente curado.
Algumas pessoas podem perguntar: "As doenças vêm de germes, de mau funcionamento de órgãos, de defeitos congênitos, não vêm? Como podemos afirmar que as doenças vêm do espírito do diabo?" Pois aqui está um exemplo claro: A vida de um ser humano passou a existir quando as sementes de vida de seus pais se uniram. Então, de onde vêm as sementes de vida? Vêm de Deus. Quando Deus lhes tira a vida, todos os corpos humanos ficam imediatamente sujeitos à putrefação.
Quem provê capacidade de destruição contínua a todos os tipos de germes, que são sementes das doenças, não é outra pessoa senão o diabo. A principal função da doença, seja qual for sua origem física, é destruir o corpo. A doença é resultado do pecado. E o diabo, que é a personificação do pecado, assume o controle do poder de morte.
Quando uma pessoa deseja ser curada de sua doença física, primeiro deve confessar seus pecados. O pecado é a arma número um do diabo, sua arma principal. Lembre-se de que aquela pessoa invisível, maligna, o diabo, detém o poder de morte. Se alguém quer libertar-se de sua doença deve primeiro confessar seus pecados e crer em Jesus. A seguir as forças do diabo abandonarão essa pessoa.

Quando a pessoa ora em nome do Senhor Jesus, o diabo foge dela, e a vida do Senhor Jesus começa a operar em seu corpo. Assim como um corpo sem o espírito está morto, assim também a doença sem o espírito do diabo está morta. Quando o diabo está afastado, os germes morrem de fome, os órgãos são restaurados, e a doença se desintegra.

Antonio Melo

Baseado no Livro do pastor David (Paul) Yonggi Cho. "Por que Sofremos".


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!